Mauro Beting

Mauro Beting, paulistano de 47 anos, é jornalista formado pela FIAM em 1988 e fez cinco anos de Faculdade de Direito na USP para ter certeza que seria o jornalista que é desde março de 1987. Trabalhou como produtor e apresentador na TV Bandeirantes de 1987 a 1991, conciliando, desde 1989, com reportagem de política e crítica musical na ”Folha da Tarde” paulista. Por dois anos apresentou programa de rock alternativo na Brasil 2000 FM com Kid Vinil (1990-91). Em 1990 começou a escrever coluna diária de esportes no jornal paulistano “Folha da Tarde”, enquanto dava aula de reportagem na Fiam (de 1990 a 1993), e escrevia crônicas para revista do shopping Morumbi e uma coluna de economia para um jornal do Mato Grosso.

Desde a Copa de 1990, se especializou na área esportiva, fazendo cursos de arbitragem e treinador de futebol.

Como comentarista e apresentador de rádio, trabalhou na Gazeta (1991 a 1996), Rádio USP (1991 a 1994), RádioTrianon (2001) e Rádio Bandeirantes (desde 2003), onde conquistou dez prêmios ACEESP como melhor comentarista de rádio (recorde histórico na categoria). Desde 2014, entrou na Galeria dos Notáveis da entidade, passando a ser hors-concours.

Como comentarista e apresentador de TV, trabalhou na TV Gazeta (1991 a 1995), Sportv (1995 a 1997), TV Bandeirantes (1997 a 2001, e de 2004 a 2013), PSN (2000 a 2001), TV Cultura (2000), TV Record (2002 a 2003), Bandsports (de 2004 a 2013) e TV Esporte Interativo (de 2007 a 2013), onde recebeu quatro prêmios ACEESP como comentarista de TV, e foi eleito “melhor comentarista de TV” em enquete do UOL, em abril de 2013, com mais de 45 mil votos. Desde janeiro de 2014 é apresentador e comentarista dos canais Fox Sports.

Como colunista de jornal, “Folha da Tarde” (de 1990 a 2006) e “Lance!” (desde 2006), quando foi por cinco vezes finalista do Prêmio Comunique-se na categoria jornalista de imprensa escrita.

Venceu o prêmio em 2013 tanto na categoria jornalista de imprensa escrita quanto na jornalista de mídia eletrônica. É a segunda vez na história do prêmio que um jornalista ganha no mesmo ano as duas categorias do prêmio, com colégio eleitoral de mais de 80 mil profissionais de todo o Brasil.

Como colunista de revista, “Trivela” (de 2006 a 2008), “Fut Lance!” (de 2008 a 2012) e “Foot Balll” (em 2010-11).

Como colunista de portal de internet, coluna semanal no portal da PSN (2000 a 2001), “America Online” (de 2002 a 2004), Yahoo! (desde 2005) e portal Cidade do Futebol (desde 2008).

Como blogueiro, no Lancenet!, desde 2006.

Como videoblogueiro, no Yahoo! (2010 a 2012)

Como comentarista da Rádio e TV Lance!, na internet, desde 2008.

Tem 15 livros publicados. 12 de futebol, um de jornalismo esportivo, um audiolivro, e uma biografia de um roqueiro. A autobiografia do goleiro Marcos foi o livro mais vendido do Brasil por duas semanas na relação da revista Veja.

É um dos roteiristas e diretores da série 100 ANOS DE SELEÇÃO BRASILEIRA, exibida em 2014 no National Geographic e Fox Sports.

É coroteirista e codiretor do filme 12 DE JUNHO DE 1993 – O DIA DA PAIXÃO PALMEIRENSE, que estará em cartaz nos cinemas em agosto.

Autor de mais de 50 prefácios, posfácios, apresentações e orelhas de livros sobre Jornalismo, Jornalismo Esportivo e futebol. A maioria relacionados ao Corinthians.

Apresenta palestras e eventos de esportes, Jornalismo e outras áreas, é curador do Museu da CBF, é um dos curadores da exposição QUATRO COPAS E UM REI, do MUSEU PELÉ. É também comentarista na versão em português do game Pro Evolution Soccer desde 2011, ao lado de Silvio Luiz, e é mentor e produtor de um canal exclusivo para Youtube de futebol e humor.

Neto, filho, sobrinho e primo de jornalistas, é pai de Luca e Gabriel, e padrasto de Ricardo, Luigi e Manoela, que espera que não honrem a tradição familiar no Jornalismo.

Switch to desktop version